Política de segurança de redes: como implementar na empresa?

Política de segurança de redes: como implementar na empresa?

A política de segurança de redes é um conjunto de normas que são aplicadas a todos os usuários da infraestrutura de uma empresa. Ela tem como principal objetivo reduzir riscos, evitar ameaças e problemas relacionados a vazamento e roubo de dados. Além disso, orienta os times a terem um padrão mais robusto de ações para eliminar vulnerabilidades e mitigar possíveis ataques.

No cenário atual, em que a internet está presente no dia a dia de qualquer negócio moderno, a segurança de redes deve ser vista como um ponto de atenção para qualquer empresa. Como muitos dados estratégicos circulam pela infraestrutura da companhia, evitar que falhas possam ocorrer é algo crítico. Afinal de contas, quedas na confiabilidade da rede impedem o seu uso e abaixam o retorno sobre o investimento.

Quer saber mais sobre o tema? Então confira o nosso post a seguir!

Por que investir em segurança de redes é importante?

A segurança de redes tem ganhado uma grande importância no ambiente corporativo moderno. Hoje, não há mais como empresas executarem serviços e desenvolverem produtos de qualidade sem o apoio da rede. Até mesmo na agricultura, agora dominada pelos sensores da Internet das Coisas, a web é uma ferramente que está integrada a todos os processos.

Em função disso, ter uma boa política de gestão de segurança de redes é algo crítico. A empresa precisa garantir que a sua infraestrutura poderá ser utilizada por todos os profissionais sem que a sua privacidade seja impactada. Isso ocorre, principalmente, nos ambientes em que a transformação digital está presente.

Os processos digitalizados modernos contam com a web para garantir a integração e a colaboração entre equipes. Além disso, a computação na nuvem está por trás de muitas tecnologias, que facilitam a flexibilização de rotinas e o aumento dos níveis de inovação. Mas, os ganhos relacionados a esses fatores só são possíveis caso os usuários tenham confiança na rede.

Como uma política de segurança de redes pode trazer bons resultados?

Uma política de segurança de redes é crucial para permitir que a empresa possa utilizar a web em todos os setores. Ou seja, ter uma infraestrutura tecnológica robusta e confiável é o passo básico para garantir que os retornos sobre os investimentos nessa área sejam apropriados pela companhia. Ao mesmo tempo, gera benefícios indiretos como:

  • mais habilidade de manter equipes colaborando;
  • mais agilidade para adotar novas tecnologias;
  • redução dos riscos operacionais;
  • manutenção de mais ambientes conectados;
  • aumento da flexibilidade operacional.

Como implementar uma política de segurança para a sua rede?

Para implementar uma política de segurança de redes, é fundamental que o gestor conheça o perfil do negócio. Também é necessário aplicar rotinas e práticas que tornam o ambiente de trabalho mais robusto e menos suscetível a falhas. E, caso a empresa não tenha, abordagens que auxiliam os times a solucionarem problemas rapidamente.

Veja as principais a seguir!

Escolher prestadores de serviço confiáveis

Não basta que o negócio tenha as melhores metodologias do mercado se os seus prestadores de serviços utilizam práticas pouco robustas. Quando isso ocorre, áreas terceirizadas se tornam pontos de entrega de malwares e auxiliam no crescimento de brechas de segurança. Por isso, sempre busque identificar se os negócios parceiros e prestadores de serviços seguem práticas como:

  • o uso de metodologias e práticas reconhecidas pelo mercado como seguras;
  • o alinhamento com as normas do mercado e as leis locais;
  • a adoção de políticas de privacidade e segurança digital modernas e transparentes.

Monitorar a infraestrutura continuamente

O monitoramento da infraestrutura é um passo crítico sempre que falamos de segurança digital. Essa rotina auxilia a empresa a identificar brechas de segurança e a avaliar se existem ameaças presentes no ambiente digital. Além disso, auxilia na identificação do perfil de uso da infraestrutura, otimizando os processos a médio e longo prazo.

Portanto, soluções como firewalls devem ser utilizadas continuamente. Desse modo, a companhia conseguirá mitigar, prevenir e identificar ataques com muito mais precisão. Além disso, terá mais dados para otimizar os seus processos de segurança, realizar novos investimentos e tornar o dia a dia do negócio mais confiável.

Manter equipamentos atualizados

A atualização de aplicações e dispositivos também é um processo importante para a segurança do usuário. Graças a ela, negócios podem evitar ataques, corrigir brechas e vulnerabilidades. Além disso, a empresa tem acesso a novas funcionalidades, que dão mais meios para o gestor aproveitar os recursos disponíveis.

Por isso sempre busque ter meios para atualizar rapidamente sistemas e aparelhos de rede. O negócio deve ser capaz de encontrar, testar e migrar sistemas para novas versões o mais rápido possível. Assim, os usuários ficarão menos expostos a situações de risco.

Ter o apoio de uma empresa especializada

Nem sempre o negócio tem tempo ou recursos para aplicar e criar uma boa política de segurança de redes. Em alguns cenários, aliás, a companhia pode até mesmo não ter uma equipe capacitada. Nessa hora, o apoio de uma consultoria pode ser o ponto fundamental para tornar a TI mais funcional e robusta.

Um parceiro especializado permitirá aos usuários identificar o que deve ser feito, quais são as brechas existentes e práticas que podem ser replicadas. Além disso, auxiliará no direcionamento de novos investimentos e mudanças nas políticas existentes. Tudo isso será feito considerando o perfil do negócio e os padrões do mercado, o que maximizará o impacto das rotinas e estratégias adotadas.

A segurança de redes é um ponto crítico para o sucesso de qualquer empresa. No cenário atual, em que negócios utilizam a tecnologia em todas as suas operações, mais ainda: ter uma infraestrutura de internet confiável auxilia o negócio a ser mais inovador, dinâmico, flexível e ágil na resposta a demandas externas.

Por isso sempre busque formas de otimizar as políticas de segurança de redes da sua empresa. Tenha mecanismos eficientes e alinhados com o perfil do negócio. Além disso, não deixe de contar com o apoio de especialistas. Assim, a companhia poderá integrar a web a todos os setores mantendo a sua privacidade e a de seus parceiros.

Quer saber mais sobre como uma empresa parceira pode te ajudar? Então fala com a gente!

Curta e siga a gente nas redes sociais
error59